Como chegar aqui:

Programa de Pós-Graduação em Música

Professores Credenciados
 

PROFESSORES CREDENCIADOS

ÁREA

Acácio Tadeu Camargo de Piedade

Musicologia/Etnomusicologia

Guilherme Antônio S. de Barros

Interpretação e Criação Musical - Musicologia/Etnomusicologia

Luigi Antonio Monteiro Lobato Irlandini

Musicologia/Etnomusicologia

Luiz Henrique Fiaminghi

Interpretação e Criação Musical - Musicologia/Etnomusicologia

Maria Bernardete Castelan Póvoas

Interpretação e Criação Musical

Marcos Tadeu Holler

Musicologia/Etnomusicologia

Regina Finck Schambeck

Educação Musical

Sérgio Luiz Ferreira de Figueiredo

Educação Musical

Sérgio Paulo Ribeiro de Freitas

Musicologia/Etnomusicologia

Teresa Mateiro

Educação Musical

Vânia Beatriz Müller

Educação Musical

Viviane Beineke

Educação Musical

 
Os Professores:

Prof. Dr. Acácio Tadeu de Camargo Piedade é bacharel em Música (Composição e Regência) pela Universidade Estadualde Campinas (1985). Realizou mestrado e doutorado em Antropologia na Universidade Federal de Santa Catarina (1997, 2004), tendo pesquisado a música em rituais indígenas na Amazônia sob a perspectiva etnográfica e analítica. Realizou um pós-doutorado em Musicologia na Université de Paris IV, Sorbonne (2010-2011). Professor de Análise e Composição nos cursos de graduação em música da UDESC, no PPGMUS ministra disciplinas envolvendo Musicologia, Etnomusicologia e Análise. Compositor atuante, violonista e pianista, tem pesquisado a significação musical sob o viés analítico, particularmente a retórica e o estilo na música do século XX, de onde advêm seus artigos sobre musicalidade, retoricidade e tópicas. Seus projetos recentes envolvem a interconexão e a realimentação entre análise e composição, particularmente na música contemporânea. 

O Prof. Dr. Guilherme Antonio Sauerbronn de Barros é bacharel em Piano pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), mestre em Música - Piano pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e doutor em Musicologia pela UNIRIO. Foi premiado em concursos nacionais de piano e participou como executante de inúmeros master-classes. Tem artigos publicados em revistas especializadas e anais de eventos da área de musicologia. Desenvolve pesquisa nas áreas de estética, análise e educação musical e tem priorizado em seus estudos a relação da música com a filosofia e a literatura, em particular no idealismo e no romantismo alemão dos séculos XVIII e XIX. Atualmente, dedica-se ao estudo dos fundamentos teóricos de técnicas avançadas de análise musical. Como instrumentista, tem atuado como solista e, principalmente, como camerista. Sua atividade docente inclui, além de piano, análise musical e musicalização infantil.
Dissertação em PDF

OProf. Dr. Luigi Antonio Irlandini é compositor e pianista, com Bacharelado em Música Piano (B.M., 1987) pela Universidade do Rio de Janeiro, UNIRIO, Mestrado (M.F.A., 1990) em Composição pelo California Institute of the Arts, CALARTS, Doutorado (Ph.D., 1998) e Pós-Doutorado (2002) em Composição pela Universidade da Califórnia, Santa Barbara, UCSB. Irlandini é professor adjunto no Departamento de Música da UDESC, e ali ministra cursos em Harmonia, Contraponto, Teoria, Análise, Composição e Música Clássica da Índia. Especializado nas técnicas, poéticas e estéticas da composição musical do século XX e contemporânea, Irlandini tem como segunda área de especialização o estudo teórico e prático de tradições musicais clássicas da Índia, Japão e Indonésia. Suas atividades de pesquisa buscam identificar e compreender a possível assimilação de diversos conteúdos musicais e filosóficos não-europeus e/ou pré-modernos (antigos) na música do séculos XX e XXI ocidental, explorando o papel desta música como símbolo de concepções culturais cosmológicas e míticas, não-européias e/ou antigas, e científicas. Esta pesquisa se origina de seu trabalho de composição musical, e a ele dá uma forte marca interdisciplinar.
https://sites.google.com/site/cosmofonialai/
 
O Prof. Dr. Luiz Henrique Fiammenghi, nome artístico Luiz Fiaminghi, é doutor em música pela UNICAMP. Professor Adjunto (Percepção Musical) na Faculdade de Música da UDESC (Universidade Estadual de Santa Catarina). Atua nas áreas de ensino, práticas interpretativas e produção musical. Especializou-se em interpretação de música barroca e violino barroco na Holanda (Conservatório de Utrecht e Conservatório de Rotterdam). Possui especialização Latu Senso; em Cultura e Arte Barroca pelo Instituto de Filosofia Artes e Cultura da UFOP (Universidade Federal de Ouro Preto) com a dissertação Violino e Retórica. Graduou-se em Composição pela UNICAMP e cursou bacharelado em violino na UNESP (prof. Ayrton Pinto). Como músico profissional atua em diversos grupos e orquestras. Foi fundador do Trio Carcoarco (violino, rabeca e percussão) e é diretor do grupo ANIMA, com quem gravou, produziu e dirigiu 6 CDs, 1 DVD e inúmeras turnês nacionais e internacionais. Desenvolve pesquisa sobre rabecas brasileiras/instrumentos históricos e performance no contexto da pós-modernidade e da retórica musical. Defendeu a tese Violino violado: rabeca, hibridismo e desvio do método nas práticas interpretativas contemporâneas - tradição e inovação em José Eduardo Gramani.

O Prof. Dr. Marcos Tadeu Holler é bacharel em Cravo pela Universidade Estadual de Campinas, mestre em Artes com ênfase em Música e doutor em Música pela mesma Universidade, incluindo um semestre na Universidade de Roma, durante seu doutoramento. Tem se dedicado à pesquisa e orientação de trabalhos na área de musicologia histórica, sobretudo de temas referentes à música dos sécs XVII e XVIII. É especialista na interpretação da música antiga, e atua regularmente como cravista junto a Orquestras e grupos de câmara em diferentes estados brasileiros. Possui experiência como orientador de TCCs e trabalhos de monografia de especialização lato-sensu. Desempenhou as funções de Chefe do Departamento de Música, Coordenador dos Cursos de Música e Diretor Assistente de Pesquisa e Extensão no CEART. Tem orientado diversos bolsistas em programas de iniciação científica, além de trabalhado com bolsistas de extensão e monitores junto ao Departamento de Música da UDESC.

A Profa. Dra. Maria Bernardete Castelan Póvoas cursou bacharelado em piano na Universidade Federal do Rio Grande do Sul e mestrado e doutorado em Práticas Interpretativas, pelo Programa de Pós Graduação em Música daquela mesma universidade, incluindo um ano de residência na Universidade de Iowa, Estados Unidos, durante seu doutoramento. Além de sua experiência como pianista, solista e camerista nos Estados de Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Distrito Federal, Rio de Janeiro e na University of Iowa, vem atuando como Professora do Departamento de Música do CEART desde 1977. É Professora Orientadora do Curso de Pós Graduação - Mestrado em Educação e Cultura – UDESC. Tem ampla experiência em orientações de TCCs, em trabalhos de monografia de especialização lato-sensu e em pesquisas de iniciação científica, além de participar regularmente de bancas de defesa de mestrado e doutorado. Tem artigos publicados em importantes revistas da área de música e desenvolve pesquisas nas áreas de análise musical e interpretação, análise do movimento, aspectos interdisciplinares da técnica pianística e em desempenho músico-instrumental.
Tese em PDF
 
A Profa. Dra. Regina Finck possui licenciatura em Educação Artística- Habilitação em Música pela Universidade do Estado de Santa Catarina-UDESC e mestrado e doutorado pelo Programa de Pós Graduação em Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS. Atua como pesquisadora na área de educação musical, dando ênfase à formação de professores e também à educação inclusiva. Tem publicado artigos em anais de eventos e em periódicos nacionais, além de capítulos de livros na área de educação musical. Pesquisa atualmente a inclusão de alunos com deficiências nas escolas e a repercussão das políticas públicas de educação especial na formação dos professores de música. Possui experiência como orientadora de TCCs e tem participado regularmente como membro de bancas de defesas do DMU. Orientou diversos bolsistas em programas de extensão e monitores junto à UDESC. Atuou como consultora da área de Música junto a Prefeitura Municipal de Florianópolis de 1999 a 2004. Foi Diretora Assistente de Ensino do Centro de Artes de 2002 a 2005.
 
O Prof. Dr. Sérgio Luiz Ferreira de Figueiredo é bacharel em Composição e Regência pela Faculdade de Artes Alcântara Machado, mestre em Música – Educação Musical – pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, e doutor em Música (PhD) pela Royal Melbourne Institute of Technology, RMIT University –Austrália. Atua como pesquisador na área de educação musical, dando ênfase à formação de professores, e também à prática coral. Tem publicado diversos artigos em anais de eventos e em periódicos nacionais e internacionais, além de livros e capítulos de livros na área de música. Foi parecerista dos Parâmetros Curriculares para o Ensino Médio – PCNEM – a convite do MEC. Pesquisa atualmente a Música nas séries iniciais do Ensino Fundamental, onde discute questões da formação musical de professores não especialistas em música. Possui experiência como orientador de TCCs e trabalhos de monografia de especialização lato sensu. Tem orientado diversos bolsistas em programas de iniciação científica, além de trabalhado com bolsistas de extensão e monitores junto à UDESC. Participa regularmente como membro de bancas examinadoras de mestrado e doutorado em diversas instituições brasileiras. Foi Diretor Regional Sul da Associação Brasileira de Educação Musical, ABEM, e atualmente é o Presidente desta instituição.

O Prof. Dr. Sérgio Paulo Ribeiro de Freitas é Bacharel em Música (Composição e Regência) pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP, 1986), Mestre em Artes pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP, 1995) e Doutor em Música pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP, 2010). Professor titular da Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC, Florianópolis. Tem experiência na área de música, com ênfase em teoria musical, atuando principalmente nos seguintes temas: análise musical, contraponto, arranjo, formas musicais, música popular e harmonia tonal

A Profa. Dra.Teresa Mateiro é Ph.D. em Filosofia e Ciências da Educação – Educação Musical pela Universidad del País Vasco (Espanha), mestre em Educação Musical e licenciada em Educação Artística com Habilitação em Música pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Brasil). É professora do Departamento de Música da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) e da Escola de Música, Arte e Teatro da Örebro University (Suécia). Atua também como professora do curso de Música-Licenciatura a distância da Universidade Aberta do Brasil/Universidade de Brasília (UAB/UnB). Integra os Programas de Pós-Graduação em Música da Universidade de Örebro (Mestrado e Doutorado) e da Universidade do Estado de Santa Catarina (Mestrado). Coordena o Grupo de Pesquisa “Educação Musical e Formação Docente” (CNPq). Como pesquisadora desenvolve pesquisas na área da formação docente, privilegiando temas como prática pedagógica, programas curriculares, práticas musicais escolares e estudos transculturais em educação musical. Durante o ano de 2008 realizou pesquisa a nível de pós-doutorado na Lund University (Suécia). Foi Coordenadora dos Cursos de Música da UDESC durante o biênio 2003-2005. Foi Diretora Regional (2001-2003) e Tesoureira (2003-2005) da Associação Brasileira de Educação Musical (ABEM). É autora e coautora de diversos artigos publicados em periódicos científicos nacionais e internacionais. É uma das organizadoras dos livros “Práticas de Ensinar Música” (Sulina, 2006; 2008; 2009) e Pedagogias em Educação Musical (IBPEX, 2011). Currículo Lattes

A Profa. Dra.Vânia Beatriz Müller possui Bacharelado em Música pela UFSM, Mestrado em Música na UFRGS e Doutorado Interdisciplinar em Ciências Humanas na UFSC. É docente no Departamento de Música da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), onde atua na formação de educadores musicais; formação de perspectiva histórica, filosófica e antropológica na problematização da cultura e, nela, a música, a escola, o/a educador/a musical. Coordena a área Música no Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência/PIBID (CAPES-UDESC), desde 2011. Atua como docente na Especialização Latu Sensu ARTE NO CAMPO, conveniada entre o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra/MST, CNPq, INCRA e UDESC. É líder do Grupo de Pesquisa " musicAR: Artisticidade. Cultura. Educação Musical ", o qual concentra estudos que abrangem o campo da Performance Musical enquanto um ritual social, e suas interfaces com as temáticas do Devir Político e Artisticidade, particularmente, neste momento, nos contextos das Infâncias Latino-Americanas. Nos interessa a Música e a Educação Musical associadas à Produção de Subjetividades, aos Estudos de Gênero e suas intersecções com os demais marcadores sociais de diferença, às Relações de Poder, à geração de Pensamento Crítico, à Formação de Educadoras/es Musicais e à Escola do Ensino Básico.

A Profa. Dra. Viviane Beineke é licenciada em Educação Artística – Música pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), mestre e doutora pelo Programa de Pós-Graduação em Música da mesma Instituição. Desenvolveu a tese "Processos intersubjetivos na composição musical de crianças: um estudo sobre a aprendizagem criativa". Criou e implementou o Programa NEM Núcleo de Educação Musical (www.ceart.udesc.br/nem) da UDESC, um programa que visa a formação de professores para a escola pública. Possui experiência como orientadora de TCCs, iniciação científica, monitoria e monografias de especialização lato-sensu. Desempenhou a função de Coordenadora dos Cursos de Música. Autora da coleção Canções do mundo para tocar, com arranjos para grupo instrumental infanto-juvenil e do livro/CD/CD-Rom para crianças Lenga la Lenga: jogos de mãos e copos, publicado no Brasil, Uruguai e Portugal. Tem artigos publicados em importantes revistas nacionais da área de música, além de trabalhos e workshops apresentados em congressos nacionais e internacionais. Atua como pesquisadora na área de educação musical, desenvolvendo pesquisas sobre a formação de professores, produção de material didático e o ensino de música na escola básica, com ênfase na aprendizagem criativa. Lattes: http://lattes.cnpq.br/9045119393767806 Link para a dissertação “O conhecimento prático do professor de música: três estudos de caso”: http://hdl.handle.net/10183/23743 Link para a tese “Processos intersubjetivos na composição musical de crianças: um estudo sobre a aprendizagem criativa”: http://hdl.handle.net/10183/17775.

 
Centro de Artes - CEART / Av. Madre Benvenuta, 2007 - Itacorubi - Florianópolis - SC
CEP: 88.035-001 / Telefone: (48) 3664-8300
© 2010-2012 SETIC - UDESC